9 de julho de 2017

Arte - Pintor - Pablo Picasso


Pablo Picasso foi pintor, escultor e desenhista espanhol, naturalizado francês, e um dos maiores mestres da arte do século XX.

Além de renomado, Picasso também demonstrou uma versatilidade técnica e uma produtividade artística dificilmente igualada. Produziu milhares de trabalhos, entre pinturas, esculturas e cerâmica, nas quais empregava diversos materiais.

Também foi um dos fundadores do Cubismo, no qual se buscou desconstruir geometricamente a imagem e, com isso, adicionar ao real novas possibilidades além da mera reprodução.

Sofrera grande influência das artes grega, ibérica e africana, as quais são facilmente visíveis em suas obras. Biografia

Pablo Diego José Francisco de Paula Juan Nepomuceno María de los Remedios Cipriano de la Santísima Trinidad Ruiz y Picasso Nasceu em Málaga (em Andaluzia) no dia 25 de outubro de 1881.

Pablo cresceu num ambiente propício: seu pai era pintor e desenhista, o qual lhe ensinou os primeiros passos.

Picasso pintou sua primeira tela aos 8 anos de idade, na qual retrata cenas de touradas (O Toureiro) e, já aos 14 anos, encontrou reconhecimento em escolas de pintura.

Em 1897 inscreve-se na mais conceituada academia de artes espanhola, a “Real Academia de Belas-Artes de São Fernando”, Porém, naquele mesmo ano, adoece de escarlatina e retorna a Barcelona.

Em 1900, Pablo Picasso viaja à Paris e adota aquela cidade como seu lar. Aqui, devemos destacar o período de pobreza material deste artista, quando ele trabalhava durante a noite e vivia precariamente.

Todavia, foi em Paris que ele conheceu seus pares vanguardistas, como André Breton, Guillaume Apollinaire e a escritora Gertrude Stein.

Após realizar algumas exposições de suas obras, Picasso superou a dificuldade financeira e continuou sua produção quase frenética.

Sua versatilidade leva Picasso a se dedicar à escultura, gravação e cerâmica durante toda a duração da II Guerra Mundial.

Últimos Anos de Picasso

Aos 87 anos, produz em cerca de sete meses, uma série de 347 gravuras, nas quais retoma os temas do circo, das touradas, etc.

Sua carreira acaba junto com sua saúde, e, como uma homenagem inédita, no seu 90.º aniversário, o Museu do Louvre lança uma grande exposição de Pablo Picasso.

Por fim, morreu no dia 8 de abril de 1973, em Mougins, França, aos 91 anos de idade, deixando-nos um legado com cerca de 1.880 pinturas, 1.335 esculturas, 880 cerâmicas e 7.089 desenhos.

PABLO PICASSO - Música - Oda a la alegría - Beethoven



maria tereza cichelli
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...